facebook
...
Joselito Müller | Jornalismo Destemido
Joselito Müller | Jornalismo Destemido

Youtuber morre ao tentar parar tiro com Estatuto do Desarmamento

0 782

Tentando provar que o estatuto do desarmamento evitou milhares de mortes no país, o youtuber Maurides Armando morreu após levar um tiro de sua namorada, Kiara Bina, na última quinta-feira. Os dois estavam gravando um vídeo em que ele pretendia parar uma bala usando uma cópia impressa da Lei Federal nº 10.826/2003, o chamado Estatuto do Desarmamento. O experimento não deu certo e ele morreu logo na sequência.

A associação desarmamentista Mobilização de ONGs para o Recolhimento de Revólveres e Armas – MORRA divulgou uma nota a respeito do ocorrido:

“Lamentamos profundamente a morte desse jovem rapaz. No entanto, esclarecemos que ele fez uso totalmente inadequado do Estatuto do Desarmamento. É importante salientar que o diploma em si não tem eficácia para evitar mortes, pois depende de regulamentação. Sozinha, a lei não imprime nem dez folhas, insuficientes para parar uma bala, mas acrescida das trinta folhas do Decreto nº 5.123/2004, que regulamenta o Estatuto, aí sim temos um maço capaz de deter um projétil de baixo calibre.”

Especialistas em segurança pública ressaltaram que o fato é mais uma prova de que armas matam pessoas e sugeriram a prisão preventiva do revólver, que poderá pegar de seis a vinte anos de reclusão caso seja condenado por homicídio.

* Texto enviado por Bruno Arrienti Ferreira, no qual o autor do presente site acrescentou um singelo parágrafo.

Comentários
Carregando...
%d blogueiros gostam disto: