A filósofa Marilena Chauí declarou em entrevista concedida nesta manhã que vai doar seu salário todos os meses de agora em diante para o programa Bolsa Família.

“Quero viver como proletária”, explicou.

Na mesma oportunidade, a professora da USP também disse que “não faz sentido me criticarem pelo que falei sobre a classe média. Não há incoerência nenhuma na minha declaração”.

Marilena se referia à declaração feita dias antes com o seguinte conteúdo: “A classe média é um atraso de vida. A classe média é estupidez, é o que tem de reacionário, conservador, ignorante, petulante, arrogante, terrorista.”

Ela disse ainda que não se enquadra em tal conceito, embora seja professora da USP, e receba mensalmente salário em torno de R$ 15.000,00.

“Vou doar quase todo meu salário pro bolsa família e vou viver somente com um salário mínimo” declarou.

Marilena Chauí é uma das criadoras da dialética marxista, segundo relatam os livros didáticos distribuídos pelo MEC.

Ela é autora, de vários livros, entre os quais se encontra “A nervura do real”, obra que levou muita gente a acreditar que para escrevê-lo, a filósofa folheou os livros de Spinoza.

Confira aqui a tabela de salários dos servidores da USP: http://www.usp.br/drh/novo/carreiras/tabsaldoc01_2013.pdf

SHARE
Previous articleToninho do Diabo desmente presidente Dilma
Next articleLula é demitido do New York Times por tentar escrever em inglês usando “Google Translator”
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

2 COMMENTS

  1. Tive uma ideia!
    ‘Lula assina acordo de delação premiada e vira o jogo na Operação Lava-Jato’

  2. “Quero ver este povinho vivendo com o meu salário e ver o Lula bocejando em todos os meus seminários, todos os meses.”

Deixe uma resposta