facebook
...
Joselito Müller | Jornalismo Destemido
Joselito Müller | Jornalismo Destemido

Kim Kataguiri também usava passaporte brasileiro e planejava fugir para Coreia do Norte

PYONGYANG – Após revelar que o ditador norte-coreano usava passaporte brasileiro para frequentar a Disneylândia, a Polícia Federal revelou que outro Kim – o Kataguiri, do famigerado MBL – também usava documento expedido por órgão brasileiro no exterior.

Kim Jong Un, segundo investigações, teria obtido o passaporte na embaixada brasileira de Praga, na República Tcheca.

Utilizando métodos semelhantes, Kataguiri também obteve seu passaporte na pátria de Kafka e Silvia Saint, mas cometeu o erro crasso de fazer constar no documento que a expedição havia se dado na Checoslováquia, país que deixou de existir em 1992, quando nenhum dos Kim’s havia nascido.

A Polícia também revelou que a falsificação dos passaporte fazia parte de um plano diabólico, por meio do qual Kim Jong Un Kataguiri pretendia fugir para a Coreia do Norte, onde engordaria uns quilos para trabalhar como dublê de Kim Jong Un.

Conduzido à superintendência da Polícia Federal, Kataguiri foi ouvido e liberado em seguida, mas o delegado não descartou a possibilidade de representar pela sua prisão preventiva, que possivelmente se dará em algum Gulag nas imediações de Pyongyang.

Comentários
Carregando...
%d blogueiros gostam disto: