facebook
...
Joselito Müller | Jornalismo Destemido
Joselito Müller | Jornalismo Destemido

Início das aulas de pós-graduação em esquerdismo é adiada por causa de greve dos professores

0 768

O início do ano letivo da pós-graduação “Esquerda no século XXI”, que contaria em seu corpo docente com personalidades como Dilma Rousseff – que ministrará a disciplina de oratória e matemática – e Jean Wyllys, teve que ser adiado por causa da greve dos professores.

Segundo o sindicato da categoria, a greve se deu “por causa do sucateamento da educação brasileira e em defesa de uma educação pública, gratuita e de qualidade”.

Na semana passada, após os estudantes inscritos terem realizado eleições para o DCE da pós-graduação, houve um desentendimento entre os corpos discente e docente, uma vez que os alunos queriam que fosse obedecida a política de cotas para o curso, o que não vinha sendo cumprido pela coordenação.

Após uma reunião, ficou estabelecido que 7% das vagas seria destinado a afrodescendentes, 7% para brancos que se autodeclararam afrodescendentes, 7% para gay, 7% para lésbicas, 7% para bissexuais, 7% para travestis, 7% para transgêneros, 7% para índios, 7% para deficientes físicos, 7% para beneficiários do Bolsa Família, 7% para mulheres, e o restante das vagas para o público em geral.

No curso, será aplicado o Método Paulo Freire e os banheiros nos locais das aulas serão unissex.

Além das vantagens mencionadas, a coordenação do curso informou à nossa reportagem que firmou convênio com várias empresas e que o os alunos serão direcionados para o mercado de trabalho assim que concluírem a pós-graduação.

Em razão da greve, as aulas ainda não têm previsão para iniciarem.

Comentários
Carregando...
%d blogueiros gostam disto: