facebook
...
Joselito Müller | Jornalismo Destemido
Joselito Müller | Jornalismo Destemido

Ignorado pela mídia, filme sobre brasileiro que enganou Fidel é favorito ao Oscar

HOLLYWOOD – “Chega a ser constrangedora a indiferença da imprensa brasileira”, lamenta o direito do documentário “Tocando o terror”, que conta a história do brasileiro que, graças a um mal entendido, passou a ser perseguido pelo regime militar e enganou Fidel Castro, entrando em Cuba como se fosse comunista.

Tal personagem, atualmente pouco conhecido em terras brasileiras, é o jornalista Joselito José de Jesus Müller, que assinava suas reportagens simplesmente como Joselito Müller.

Autointitulado “jornalista destemido”, Joselito protagonizou episódios típicos de um porra-louca, como explica o diretor do documentário que conta sua vida, Severino Spilbergue.

Ele foi delatado como comunista por um cara ligado a uma organização subversiva porque comeu a namorada do cara. Aí os militares passaram a persegui-lo. Ele se aproveitou desse fato para entrar em Cuba dizendo que era comunista. Foi recebido pessoalmente por Fidel Castro, mas não tardou a ser desmascarado e teve que fugir para os Estados Unidos”.

Aclamado pela crítica especializada, o documentário tem o ápice quando narra o retorno de Joselito ao Brasil, na época da anistia.

Ele se fingiu de exilado e acabou conseguindo voltar. Ainda ganhou uma pensão depois que depôs na Comissão da Verdade”, revela o diretor.

Embora seja um dos favoritos ao Oscar de melhor documentário amador brasileiro, “Tocando o terror” tem sido ignorado por toda a imprensa brasileira.

O diretor atribui tal silêncio a motivos de natureza política e pessoal.

Ele (Joselito Müller) fez muitas inimizades no meio jornalístico e político. Só isso explica a espiral de silêncio da mídia”.

Severino Spilbergue afirma que “ganhar o primeiro Oscar para o Brasil nem é o mais importante. O que vale mesmo é trazer a lume a verdadeira história desse personagem até então obscuro”.

Assista aqui o Trailer do filme.

Assiste aqui o filme na íntegra.

Comentários
Carregando...
%d blogueiros gostam disto: