facebook
...
Joselito Müller | Jornalismo Destemido
Joselito Müller | Jornalismo Destemido

Em autobiografia polêmica, Pabllo Vittar revela que já foi pastor evangélico

0 2.445

RIO DE JANEIRO – Considerado como uma das vozes femininas do sexo masculino mais marcante da MPB mundial hoje em dia, a cantora Pabllo Vittar anunciou o lançamento de sua autobiografia não autorizada.

O livro, promete Pablla, vai revelar detalhes desconhecidos de sua vida.

Entre esses detalhes desconhecidos do grande público, está o fato de delx ter sido pastor de igreja durante muitos anos de sua vida.

Eu era ex-gay quando virei pastor da Igreja Universal, mas depois descobri que não poderia dar exercendo minhas funções ministeriais e ser cantor de funk”, diz um trecho da obra.

Ele conta que nessa época dividia seu tempo entre shows e cultos e, para não ser repreendido pelos irmãos da igreja, optou por se disfarçar de mulher em suas apresentações.

Eu ia vestido de mulher para ninguém me reconhecer e acabei recebendo muitos convites para fazer shows em boates gueis. Eu fiquei meio receoso no início, mas depois aceitei”.

Com o passar do tempo, Pabllo acabou se acostumando com o visual feminino e decidiu se dedicar integralmente à música.

Eu nunca pensei que fosse me tornar uma cantora de sucesso, até porque sou homem”, revela rindo.

Pabllo forneceu, com exclusividade, uma fotografia da época em que ainda se vestia com trajes que a sociedade tipicamente atribui a homens, ou seja, paletó e gravata e acrescenta um detalhe picante: “todo mundo me achava parecido com o Tiririca”.

Comentários
Carregando...

Esta é uma loja de demonstração para fins de teste - As compras realizadas por enquanto não são válidas. Dispensar

%d blogueiros gostam disto: