facebook
...
Joselito Müller | Jornalismo Destemido
Joselito Müller | Jornalismo Destemido

Bolsonaro diz que liberará casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas só para héteros

Em Curitiba, Bolsonaro confirma que será candidato à presidência. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) confirmou que tem a intenção de ser o próximo presidente do Brasil, com projeto político voltada para a direita. Ele participou na manhã desta sexta-feira (4) do 1.º Seminário das Guardas Municipais na Assembleia Legislativa, em Curitiba. Bolsonaro migrou, recentemente, do Partido Progressista (PP) para o Partido Social Cristão (PSC) . “Mudei de partido com a intenção de ser candidato a presidente. Hoje, as pesquisas me dão 2% de intenção de voto e como nunca fui candidato a nada no Executivo fico abaixo de outras pessoas. Minha posposta é completamente diferente. É a uma proposta à direita”, revelou. Bolsonaro ainda comentou sobre a questão do armamento e defendeu que todo cidadão possa ter porte de arma de fogo. “Eu defendo que o proprietário rural possa ter um fuzil na sua propriedade como cartão de visita aos marginais do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra]. Só dessa forma podemos nos defender. Duvido que uma mulher armada seja estuprada por um canalha qualquer”, afirma.

Em evento fortuito, inesperadamente ocorrido sem que ninguém houvesse planejado e que se deu de modo absolutamente casual, nossa equipe de reportagem encontrou o presidenciável Jair Bolsonaro no Saguão do Aeroporto Internacional Aviador Caralhães do Jatinho Branco, localizado na cidade de Lapão Roliço, onde o deputado faria uma conexão rumo a um compromisso de pré-campanha.

Apressado, Bolsonaro conversou brevemente com nossa equipe que, sem ter tempo a perder, abordou o pai de Flávio, Eduardo e Carlos sobre o polêmico tema do casamento gay.

Andei refletindo e vou adotar duas medidas a respeito dessa cuestão se eu for eleito: os gays que já conseguiram autorização judicial para casar não poderão se divorciar. Casou? Então tem que ficar casado até que morte os separe. Segundo: vai ser liberado o casamento entre pessoas do mesmo sexo, desde que sejam heterossexuais”.

Segundo Bolsonaro, a proposta visa adequar a lei civil aos novos tempos, onde muitos jovens têm dado o bumbum para o parças na broderagem.

No meu tempo não tinha esse negócio, mas o crescimento da broderagem entre jovens é um fenômeno social que não pode ser ignorado por nenhum pretenso candidato ao Planalto”, explicou.

A proposta agradou muitos internautas, muitos dos quais alegam que ter um relacionamento hétero com outro homem tem a vantagem de ser “sem frescura e viril”.

Comentários
Carregando...
%d blogueiros gostam disto: