Atriz filmes adultos processa colega por cometer assédio durante gravação de cena

Conhecida no ramo da putaria como uma das atrizes mais talentosas de sua geração, Sasha Mattos virou notícia esta semana por processar um colega de trabalho.

O demandado, no caso, é o ator Joãozão Pé de Cabra, que teria assediado a atriz durante a gravação de uma cena do longa-metragem “Surubas da era Vargas”, cujo roteiro expõe a libertinagem, concupiscência e fuleiragem que rolava no Brasil durante o Estado-Novo.

O fato que motivou o ajuizamento da ação se deu já na gravação da primeira cena, onde demandante e demandado contracenavam.

Em plena a gravação, enquanto faziam meia-nove em pé, o demandado chamou a demandante de vagabunda, fato que a deixou deveras constrangida”, diz a petição.

Se condenado, Joãozão poderá cumprir pena de prestação de serviço comunitário, além de ter que pagar reparação de danos morais.

Vale ressaltar que a ofensa contra a Demandante se deu na presença de várias pessoas, em pleno horário de trabalho”, enfatizou o advogado de Sasha Mattos, que pediu a condenação do ator em cem mil reais.

Posts Relacionados

Processado por Rosário, Gentili se autoproclama “de menor” e se livra de prisão

Queiroz passa mal ao saber de possível soltura de Lula e não foi depor

Joselito Müller aterroriza petistas em Curitiba. Veja o vídeo.