Brasília –  O ex-senador e agora secretário dos Direitos Humanos da Cidade de São Paulo, o senhor Eduardo Suplicy foi atendido pelo Samu em Brasília.

Segundo os paramédicos, o ex-senador teve uma grave crise de hipertensão após não conseguir ser atendido pela Presidente Dilma Roussef.

“Ela (Dilma) não quis me atender, estou esperando por essa audiência há dois anos” gritava Suplicy no momento em que era atendido.

“Cansei de ser corno, já não basta a Marta, agora a Dilma, quem essas mulheres pensam que são?” repetia incansavelmente o ex-senador durante seu atendimento.

Um dos paramédicos disse que foi a primeira vez ter visto um careca quase arrancar os cabelos, e disse que a cena era tão ridícula que ele quase teria rido. “Graças ao meu profissionalismo, pude me concentrar em salvar a vida de mais um corno inconformado”, disse o paramedico que não quis se identificar.

Suplicy foi encaminhado para o Clube dos Cornos de Brasília e passa bem. Por já ser conveniado ao Clube dos Cornos de SP, ele teve atendimento a recaída e liberado após o atendimento de emergência.

 

Deixe uma resposta