Vocês sabem que a CUT fez parte, desde o início, da campanha do desarmamento, não sabem?

Não obstante tal fato, o bunda mole do presidente desse antro de parasitas não se fez de rogado, na presença da presidente, ao dizer que os apoiadores da plenipotenciária deveriam “se entrincheirar e, de armas na mão, defendê-la”.

Obvio que o covardão, ao ser inquirido sobre a declaração, disse que se tratava de uma figura de linguagem, fazendo um malabarismo retórico ao dizer que as armas a que se referiu foram “as armas da democracia”.

Muitos canalhas do PT fingem acreditar que se tratava de figura de linguagem, mas quem conhece minimamente essa gente sabe que o sindicalista não fazia uso de metáfora ao falar em armas.

Basta ler alguns textos internos do PT, e qualquer Zé ruela poderá constatar que, desde que Lula foi eleito, algumas correntes da agremiação repetem o chavão de que “o PT chegou ao governo, não ao poder.”

Essa frase diz muito sobre o que o PT pretende, bem como sobre a declaração do presidente da CUT que, covarde que é, tentou desmenti-la logo em seguida.

Dizer que se chegou ao governo, não ao poder, significa que o poder conferido ao chefe do executivo não é o suficiente para implantar o seu projeto político, e que para cumprir tal propósito, é necessário ter ainda mais poder.

Esses mesmos setores são os que dizem que o PT faz muitas concessões à direita e à “burguesia”. Que a governabilidade deve ser definida pelos “movimentos sociais” e não por conchavos no parlamento.

Não indicarei aqui as fontes das afirmações que faço nas presentes linhas, pois basta ao leitor, caso tenha tempo, interesse e paciência, pesquisar e verá que, ao menos dessa vez, eu não minto.

Embora o presidente da CUT seja um covarde que dificilmente empunharia uma arma contra um adversário capaz de devolver a agressão na mesma intensidade, assim como milhares de sindicalistas bundas-mole, acostumados com a vida mansa dos sindicatos, onde passam os dias tomando cafezinho e lendo jornal, recebendo salário todo mês, enquanto falam mal dos patrões, há sim, no PT e em seus satélites gente que defenda um enfrentamento armado ao que eles chamam de “golpista” – conceito no qual qualquer cidadão cansado da roubalheira pode ser enquadrado.

A declaração, no entanto, não deve intimidar aqueles que estão fartos da situação em que o país se encontra, pois demonstra que eles, sim, estão desesperados.

As manifestações do próximo domingo, mais uma vez, poderão ser o marco definidor de um novo tempo que se avizinha.

Outras manifestações, com intervalo de tempo menor que um mês devem ser convocadas.

O recrudescimento dos atos pelo Impeachment ou renúncia de Dilma devem ser constantes e, por isso, se tornarão capazes de intimidar também a oposição, a quem caberá cooptar votos pela defenestração de Dilma e seus comparsas.

Essa é a única maneira de impedir que o processo de derrubada de Dilma fique na mão dos políticos, muitas vezes propensos a fazer acordos na calada da noite, a revelia dos interesses do povo, pois as ruas farão questão de rememorar às Suas Excelências o que mais de 70% da população deseja.

Nada de acordo, de pactos de unidade ou coisa do tipo: queremos Dilma fora da presidência e ponto final.

Uma vez conscientes de que isso, por si só, não é a solução mágica para todos os problemas, o ideal é que essa convulsão sirva para que novas lideranças sejam forjadas, que ocupar espaço dentro do cenário institucional num futuro próximo.

É necessário que os setores que se farão presentes na próxima manifestação façam uso da palavra e enfatizem os pontos convergentes.

A quem interessa uma disputa intestinal entre intervencionistas e não intervencionistas? Entre monarquistas e republicanos?

Deixemos as divergências para um outro momento, pois a hora, entre aqueles que querem derrubar o PT, é de unidade.

Num segundo momento, após atingir esse primeiro objetivo, outro assunto ocupará a ordem do dia.

Derrubemos logo Dilma, joguemos Lula para o ostracismo, quebremos a hegemonia que eles conseguiram criar no cenário cultural brasileiro, elejamos gente nova surgida dessa conjuntura instável e, aí sim, passemos a nos ocupar das divergências que, atualmente, são secundárias.

O caminho é longo, mas os primeiros passos já foram dados.

SHARE
Previous articlePara cobrir rombo na Petrobrás, Dilma pede contribuição dos brasileiros
Next articleRadicais do PT defendem volta de Collor à presidência
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

12 COMMENTS

  1. Muita calma nesta hora. É importante, imagino, levar a maior quantidade possível de pessoas à manifestação de amanhã. Depois o Joselito deveria procurar as lideranças dos movimentos ali representados e ver se há algo como uma agenda comum. O Brasil está em grave crise econômica e ambiental, sem solução à vista, e seria necessário ter uma noção do que se pretende fazer. Os problemas não serão resolvidos com a derrubada da Dilma… Também seria necessário procurar o FHC, que me parece ser o único líder capaz, sereno e com credibilidade (um dos poucos que não é corrupto e ladrão) neste momento. Trocar voluntarismo por voluntarismo só aprofundará a crise.

  2. Quando José Dirceu disse que os tucanos deveriam apanhar nas ruas e nas urnas, ele também estava usando metáfora.
    Os professores que agrediram Mário Covas estavam usando metáfora empírica 3D.

  3. Tem toda a razão, Joselito! A propósito: É incrível como a esquerdalha pode falar qualquer barbaridade, e depois alegar que se tratava de metáfora…

  4. Por que a polícia federal não investiga que armas seriam essas e onde estariam guardadas ? E com que dinheiro foram compradas ?

  5. Nossa maior força motriz, é a nossa união, vamos ás ruas clamar por nossos direitos usurpados! Tirarmos esses insanos do poder, e juntos fazermos uma profilaxia, uma limpeza profunda em nosso País! Chega de dar regalias e bancarmos esses inescrupulosos que só pensam em poder, fama e dinheiro!

  6. Concordo 100%: sempre tivemos políticos safados e ladrões, mas nada se compara nem de longe com o PT. Esse partido tem seguido os passos do Partido Nazista, e só não estamos escutando “Heil Lula” agora porque o povo brasileiro de hoje é muito diferente do povo alemão naquela época – além de que faltou competência e sobrou arrogância e desonestidade ao PT. Não importa se o cabra é direita, liberal, carola, crente, até mesmo esquerda light: tirar essa raça petista do poder é fundamental e urgente. E, acima de tudo, é preciso cuidado com o Lula: o fdp é pior que o Jason do Sexta-Feira 13, quando a gente menos espera ele ressucita do inferno e vem assombrar o país. Vamos todos neste dia 16 mostrar o quanto queremos chutar as bundas petistas, e depois nada de encostar o corpo!

  7. El Joselito tem várias faces, amigos. Às vezes iconoclasta, às vezes chutando o pau da barraca e, de vez em quando, umas palavras sem papas na língua. Por isto, Ei Ei Ei, Joselito é nosso rei!

  8. O Joselito prima em se pronunciar colocando no ridículo os atos dos vagabundos dos políticos que temos. Desta vez falou serio e de forma perfeita, o que prova sua capacidade de análise dos fatos abordando de forma certa todos os aspectos da situação, inclusive mencionando a necessidade da união do povo para o fim que todos desejam, deixando de lado divergências por acaso existentes. Esses agitadores de garganta (para não dizer coisa pior), todo sabemos serem galináceos que vão sair cacarejando se a coisa “esquentar”. A prova disso é a justificativa fajuta do galináceo da CUT que já inventou interpretação na tentativa de evitar levar uma penalização por infringir artigo do Código Penal. Se houver realmente justiça em nosso País o galináceo terá que responder pelo seu pronunciamento apoiado com os aplausos de seus seguidores, não sendo possível aceitação de suas explicações posteriores. Parabéns ao Joselito.

  9. Sem dúvida, a melhor postagem do Joselito até agora, dentre tantas tão geniais!!!

    Dia 16 entrará para a história!!!

Deixe uma resposta