BRASÍLIA – O plenário do Supremo Tribunal Federal, por unanimidade, decidiu na manhã de hoje favoravelmente ao pedido formulado pelo polêmico jornalista fictício Joselito Müller de reativação de sua conta no Facebosta.

Joselito havia sido suspenso esta semana, por ter feito uma piada envolvendo cavalos e boiolas.

O Facebook  o suspendeu por três dias, o que causou um grande alvoroço chegando a suscitar boatos de que o mesmo havia sido morto ou preso.

“Foi uma vitória da democracia e da liberdade de expressão”, escreveu em seu Twitter o Secretário Geral da ONU, Ban Ki Moon.

“Para tristeza da companheirada, estou de volta para tocar o terror”, disse Joselito assim que soube da notícia.

Ninguém no Palácio do Planalto quis comentar o caso.

SHARE
Previous articleMaria do Rosário se comove ao ver vídeo de assaltante sendo baleado
Next articleSuspenso do Facebook, Joselito Müller decepciona Dilma ao recusar grana estatal
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

Deixe uma resposta