BRASÍLIA – Em pronunciamento na sessão ordinária de hoje na Câmara dos Deputados, o líder do PT, Sibá Machado, abordou a polêmica declaração da filósofa Marilena Chauí que tem repercutido bastante no meio jurídico, político e psiquiátrico brasileiro.

Chauí, que é considerada mentora intelectual do Partido dos Trabalhadores, disse recentemente que o juiz Sérgio Moro recebeu treinamento do FBI para entregar o pré-sal aos Estados Unidos.

Sibá, que é conhecido por suas declarações polêmicas, subiu à tribuna e divergiu da filósofa, em um pronunciamento que chegou a arrancar gargalhadas e aplausos dos presentes.

Sempre tive muito respeito pela filósofa Marilena Chauí, mas essa afirmação de que o juiz Moro foi treinado pelo FBI é maluquice”, disse Sibá.

Todo brasileiro progressista bem informado sabe que quem o treinou foi a CIA”, arrematou o parlamentar.

Possivelmente tentando evitar uma eventual polêmica entre um importante quadro político do PT e Chauí, vários parlamentares apartearam Sibá para amenizar o impacto de suas palavras.

Talvez ela tenha se confundido”, disse a deputada Maria do Rosário em aparte, “São tantas siglas que as vezes confunde mesmo: FBI, CIA, EUA, ONU, LSD, THC, é tudo meio confuso”, declarou a petista.

Nossa reportagem tentou fazer contato com Chauí, mas não obteve êxito por conta de recomendação psiquiátrica.

1 COMMENT

Deixe uma resposta