Nascido no ano de 1798 na pequena aldeia de Btaaboura, Belzebú em português, no Líbano, Michel Baphomet Temer viveu seus primeiros anos discretamente trabalhando como agente funerário.

Aos dezesseis anos foi morar na Transilvânia, onde buscava tratamento médico por ter sido mordido por um morcego na cidade onde morava, já que sistema público de saúde romeno era considerado muito bom na época.

O modelo de saúde pública que Temer conheceu na época serviu de inspiração para a fundação do INAMPS anos mais tarde do Brasil.

Séculos mais tarde, Temer se engajou nas tropas militares que partiram para o Front em 1916 na guerra contra a Áustria-Hungria, Bulgária, Alemanha e o Império Otomano.

Temer, que tinha a patente de soldado, intrigou seus companheiros da companhia militar ao ser baleado diversas vezes na cabeça e nunca morrer.

Estima-se que nessa época ele já havia celebrado pacto com o Demo.

Após a guerra, viveu na pacata cidade de Bruzilov, onde passaram a ocorrer intrigantes eventos, não explicados até os dias de hoje, consistentes em ataques a pessoas, principalmente mulheres jovens, que eram mordidas no pescoço durante a madrugada.

Temer foi acusado de ter participação nos ataques quando um dono de um boteco local desconfiou ao notar que sua imagem não refletia no espelho.

Ao me certificar que a imagem dele (Temer) não refletia no espelho, troquei a cachaça dele por água benta e ele passou mal depois que bebeu”, informou o cidadão na época a um jornal especializado em eventos paranormais e vampirismo.

Pouco se sabe sobre a vinda de Temer ao Brasil. Sabe-se, no entanto, que ele foi casado 32 vezes, algumas vezes com brasileiras, sempre com mulheres mais jovens, e todas morreram de velho, assim como os amigos de infância de Temer.

Atual presidente da República, Temer, juntamente com seu ministro das relações exteriores, José Serra, mantém uma Associação de Amigos da Transilvânia.

Em seu gabinete é possível ver uma bela estátua de um bode preto banhado a bronze e um crucifixo invertido dentro de um pentagrama vermelho.

SHARE
Previous articlePMDB ter votado contra inabilitação de Dilma foi parte do Pacto com Capeta, diz Temer
Next articleBrasil retoma relações diplomáticas com a Transilvânia
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

12 COMMENTS

  1. Só ridicularizando desse jeito essas teses idiotas que nego apresenta pra criar rejeição ao cara mesmo. Parabéns, Joselito. Você é o melhor humorista político da atualidade… depois dos deputados e senadores, claro.

  2. ta serto vamos dar uma chance pelo menos pra que ele tire o brasil do buraco que as antas petistas fizeram por aqui

  3. Qual é a tua ?? Vc não encontrou nada melhor pra fazer? Então não faça merda… Se o homem não presta a anta prestava muito menos…

Deixe uma resposta