PORTO PRÍNCIPE – O ministro Aloysio Nunes, que ocupa a pasta das Relações Exteriores, defensor da proposta que confere a estrangeiros o direito a voto nas eleições brasileiras, foi fotografado na manhã de hoje fazendo campanha eleitoral na cidade de Porto Príncipe, capital do Haiti.

Descontraído, Aloysio declarou à nossa reportagem que está confiante na aprovação da proposta acima mencionada, enfatizando que, “creio tanto que a proposta vai ser aprovada que já comecei a fazer campanha eleitoral antecipada”.

No Brasil a propaganda eleitoral antecipada é proibida, sendo sujeita a sanções que podem causar inclusive a inelegibilidade do candidato.

O ministro, no entanto, afirma que, como sua campanha está sendo feita fora do território nacional, não está sujeita às leis brasileiras.

No caso, a norma eleitoral que vai se aplicar na campanha destinada a captar votos de estrangeiros é a legislação do país de origem do dito cujo”, explicou o ministro.

A proposta de conceder direito de voto a estrangeiros tem sido alvo de polêmicas, uma vez que muitos afirmam que ela traria um risco à soberania nacional.

Para outros, no entanto, a proposta é muito interessante, pois dificilmente os estrangeiros vão votar tão mal quanto os brasileiros.

1 COMMENT

  1. Acho melhor ele ficar em Roraima, na fronteira acolhendo e dando duplanacionalidade aos hermanos bolivarianos que estão migrando para o Brasil devido a fartura do regime bolivariano socialista do século XIX.

Deixe uma resposta