O Departamento da Polícia Federal revelou na tarde de hoje que conseguiu desbaratar um mirabolante plano terrorista que seria executado durante as Olimpíadas.

Conforme informação passada à imprensa, terroristas ligados ao Estado Islâmico pretendiam se deslocar para o Brasil, onde cometeriam uma série de atentados.

A primeira fase do plano seria concretizada com a chegada de um importante líder terroristas, que ficou incumbido de montar uma célula que daria suporte a outros membros que chegariam semanas mais tarde.

O plano, contudo, fracassou, porque o líder que desembarcou primeiro, que não teve o nome revelado para não atrapalhar as investigações, acabou contraindo chikungunya, o que o impossibilitou de dar prosseguimento ao plano.

Ele foi picado pelo aedes egypte e teve que procurar um hospital público, já que não tinha plano de saúde. O coitado do terrorista ficou na fila durante dias para ser atendido e acabou perdendo contato com os seus companheiros, o que acabou frustrando os planos deles”, revelou o delegado.

Nossa equipe conseguiu falar com a assessoria jurídica do terrorista, que informou que está cogitando a possibilidade de processar o estado brasileiro pelo ocorrido.

2 COMMENTS

  1. Contraiu chicungunha, Zika Virus, Deng, Febre Amarela, Hanseniase, Tuberculose, Sarampo, Catapora, defiteria, diarréia entre outras doenças que antes de 2003 já havia sido erradicadas.Depois de dois anos ele pediu asilo na Siria e disse para a imprensa que Brasil nunca mais.

  2. Affe! País salvo por um mosquito!!! Ainda bem que temos mosquitos, caso contrário muita bomba ia rolar e íamos ficar mal na foto; foi melhor perder varias medalhas do que virar notícia bombástica”BUM”!!!

Deixe uma resposta