Uma missa de ação de graças foi celebrada na manhã de hoje por encomenda do Diretória Nacional do Partido dos Trabalhadores em celebração ao art. 236 do Código Eleitoral, que veda prisão desde cinco dias antes das eleições até quarenta e oito horas após, excetuando flagrante delito ou em virtude de sentença penal condenatória de crime inafiançável.

Várias personalidades se fizeram presentes no evento religioso, entre elas estava a ex-presidente deposta Dilma Rousseff.

Pelo menos durante esses dias nossos companheiros vão poder dormir sossegados, sabendo que a polícia não vai bater na porta às seis da manhã”, declarou um ex-tesoureiro do PT que preferiu não ser identificado, pois está foragido da justiça.

Militantes da referida agremiação se disseram felizes com a vedação às prisões, mas lamentaram a existência da exceção para os casos de flagrante.

Por precaução é melhor deixar as sedes dos diretórios fechadas durante esses dias”, disse um filiado.

SHARE
Previous articleFaixa presidencial reaparece com Dilma em atividade de campanha de Jandirão
Next articleSenadora petista processa empresas que a obrigaram a aceitar dinheiro
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

4 COMMENTS

  1. Não consigo entender… a base filosófica do PT é de ultra esquerda de tendencia socialista marxista e portanto ateia, como um ateu pode recudir a Deus?

Deixe uma resposta