BRASÍLIA – Pretendendo aumentar a arrecadação do Estado face os desvios bilionários de dinheiro de estatais, propinas, subornos e afins, o deputado federal Sibá Machado apresentou na tarde de hoje proposta que cria o “tributo sobre propina”.

Segundo a proposta, “toda quantia oriunda de corrupção deve ser tributada em alíquotas progressivas entre cinco e cinco por cento a cada milhão.”.

Segundo o autor da proposta, a medida será benéfica para o país e só “vai prejudicar quem roubar muito”.

O deputado alertou que, caso essa medida já tivesse sido implantada, os cofres públicos estariam mais bem fornidos, “isso permitiria melhorar os serviços públicos”.

“Tenho certeza que uma boa fiscalização coibiria a sonegação”, argumentou.

A proposta, no entanto, desagradou muitos de seus correligionários que ainda não chegaram a um consenso sobre o assunto.

SHARE
Previous articleSurgimento misterioso de dinheiro em contas bancárias assusta políticos
Next articleViciado compra crack falsificado e processa traficante
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

Deixe uma resposta