Uma operação deflagrada na manhã de hoje pela Polícia Federal conseguiu prender um homem que se passava pelo cantor Chico Buarque de Holanda para receber dinheiro da Lei Rouanet e firmar contratos para fazer apresentações artísticas em vários lugares do país.

Segundo o delegado que comandou a operação, o meliante já agiu há vários anos e fez um número inestimável de vítimas até o momento.

Além de receber dinheiro da Rouanet, ele se apresentava em botecos se dizendo ser o verdadeiro Chico Buarque. A polícia ficou no encalço dele porque algumas pessoas começaram a desconfiar, porque certa vez ele estava fazendo uma apresentação num bar na Lapa onde, para o azar dele, tinha uma televisão ligada no telejornal onde foi noticiado que Chico estava em Paris. Aí as pessoas tentaram linchar ele, mas ele conseguiu escapar”, disse o delegado.

Apesar de ter aplicado vários golpes, há quem defenda o sujeito, cujo nome verdadeiro é Chico Buraco.

Este é o caso de Seu Genésio, dono de uma cigarreira onde o falso Chico se apresentava nas últimas quartas-feiras do mês.

Na minha opinião, ele é melhor que o Chico original, porque pelo menos ele não fala besteira sobre política. Pelo menos ele reconhece que é burro e evita ficar dando palpite sobre tudo.”

A Polícia Federal ainda se encontra cumprindo mandados de prisão, entre os quais o de um Tico Santa Cruz fake.

Nesse caso, o mandado foi expedido não para evitar fraude, mas para evitar maior poluição sonora e inibir os jovens de quererem tocar esse tipo de música”, finalizou um agente.

1 COMMENT

Deixe uma resposta