Entre os milhares de pedidos de reparação a título de danos morais protocolizados todos os dias no distribuidor cível do Fórum Central da Comarca de Lapão Roliço, um chamou a atenção na tarde de hoje.

Trata-se de ação na qual figura no polo passivo o mendigo conhecido pela alcunha de Pereba, que tradicionalmente pede esmolas no cruzamento da rua Doutor Belzebu com a avenida Cumpadre Washington.

O motivo da ação teria sido a exibição da imagem de Pereba acompanhada da afirmação de que o mesmo seria filiado ao Partido dos Trabalhadores e estaria participando de um ato em defesa da presidenta Dilma Rousseff.

Semana passada teve um protesto aqui, no ponto onde eu venho mendigar todos os dias, e logo chegou a imprensa. Aproveitei que o microfone estava de bobeira para pedir esmola aos presentes, mas quando notei que estavam filmando, fui me retirando para não ser confundido com os manifestantes. Mas o cinegrafista me filmou e a repórter disse que eu estava no ato”, lamentou o autor da ação.

Ele disse que, ao vê-lo na TV, muitos de seus amigos passaram a ligar e fazer “ciber bulling” nas redes sociais.

Até minha mãe ficou com raiva de mim”, revela.

A parte adversa deverá comparecer em audiência de conciliação que ainda não tem data para ocorrer.

4 COMMENTS

    • Qual o problema de um mendigo conhecer seus direitos? Quanto preconceito, jovem!Vou comunicar esse comentário preconceituoso ao Sindicato dos Mendigos de Brasília, para que sejam tomadas as medidas cabíveis pela assessoria jurídica que, diga-se de passagem, é toda composta por mendigos.

Deixe uma resposta