CAPÃO REDONDO – Fã declarado de hip-hop e praticante da arte do “beat box”, o ex-senador Eduardo Suplicy se encontrou na manhã de hoje com o vocalista do Racionais MC’s, Mano Brown.

Numa conversa descontraída, Suplicy rememorou sua infância na periferia do bairro do Jardins, onde muitas vezes passou privações, tais como ser proibido de jogar no seu Atari e de tomar Danoninho por não querer fazer o dever de casa.

“Naquele tempo eu já dançava brake”, rememora.

Mano Brown, por sua vez, lembrou das tretas na Zona Sul da capital, local onde, segundo ele, muitos de seus amigos foram presos ou assassinados.

Bem humorado, Brown chegou a dizer que “hoje a maioria dos mano já cumpriram suas pena e o Lula tem mais amigos na cadeia que eu”.

A declaração causou um certo constrangimento entre os presentes, tendo o rapper tentado mudar de assunto.

“Vocês viram esse boato de que o filho do ex-presidente levou chifre? As gravações era ilegais, não eram?”

O assunto não amenizou o mal estar e Suplicy, após saldar os parças, deixou o local.

SHARE
Previous articleLula entra na justiça para ganhar royalties sobre imagem do “pixuleco”
Next articleIdoso vende testículo esquerdo para comprar ovo da páscoa
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

3 COMMENTS

  1. Por que não perguntam ao Suplicy por que ele não vende todos os seus bens e doa a grana aos pobres. Assim ele ajudaria na repartição da riqueza. Seria um verdadeiro socialista.

Deixe uma resposta