Guarujá – Luiz Inácio Lula da Silva declarou na tarde de ontem que ainda não se decidiu, mas que provavelmente escolherá Curitiba; segundo o ex-presidente:

“Lá rola um friozinho; gosto do clima mais assim, um vinhosinho e um fondue vai bem; já na Papuda não gostaria não, cansei do calor e não me dou bem com os mensaleiros que sobraram lá mais, acho que vou pra Curitiba mesmo”.

Em geral, os presos da Operação Lava-Jato estão sendo encaminhados para a carceragem na sede da Policia Federal em Curitiba, onde o processo tramita em primeira instância sob a coordenação do Juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal.

A perspectiva é que nos próximos dias seja emitido um mandato de prisão para o Lula, já que agora os presidentes das maiores construtoras do Brasil estão presos em Curitiba e devem fazer uma delação premiada.

A cidade também é conhecida por ser a capital mais fria do país e nas últimas semanas registrou temperaturas abaixo de 1 grau.

Apesar da baixa popularidade do PT no Paraná, Lula crê que será bem recebido e conhece muitos outros detentos e quadrilhas da cidade, entre eles tem especial amizade com a Gleisi Hoffmann (paranaense, ex-ministra da Casa civil), que deve em breve ocupar uma cela.

“Estou em casa, curto o clima, é perto de São Paulo, tenho muitos contatos por lá, o rango é bom, que seja assim então, soube que até nevou lá uns anos atrás, isso é sensacional”.

 

Texto enviado por um colaborador anônimo.

2 COMMENTS

Deixe uma resposta