Orelha

Após as recentes descobertas de que pastelarias chinesas estariam usando carne de cachorro para rechear salgados, a vigilância sanitária agora revelou um novo escândalo de arrepiar a espinha dorsal de todo ser humano que não tenha tendências ao canibalismo.

Dessa vez a infração foi praticada pelo proprietário do uma conceituada lanchonete gay, que estaria usando orelhas de pessoas para rechear pasteis.

No cardápio é possível escolher os sabores “orelha com queijo”, “orelha com presunto”, orelha defumada”, entre outros.

A descoberta causou espantos até mesmo a experientes agentes, como foi o caso de Seu Jurandi, que trabalha na fiscalização da vigilância sanitária há mais de vinte anos, e está prestes a se aposentar compulsoriamente. “Abrimos um recipiente e estava cheio de orelhas. Perguntei que diabo era aquilo e o dono me falou que era para uma receita inspirada no caso do travesti que arrancou um pedaço da orelha de um carcereiro”, explicou.

O dono do estabelecimento foi autuado e deverá pagar multa.

“Pelo menos o pastel de orelha é mais gostoso que o de cachorro”, disse seu Jurandi.

“O meu preferido é o de orelha moída com queijo do reino”, confessou.

2 COMMENTS

  1. Olá Augusto talvez você não leu a apresentação do site que diz: “Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.” Portanto este site é apenas paródia, nenhuma notícia transmitida por ele é verdadeira.

  2. Joselito, que notícia mais esdrúxula essa sobre “pastel de orelha”!!! Sem pé nem cabeça, sem fundamento nenhum, e além do mais, por que lanchonete “gay”???? Não conheço nenhuma lancheria que se identifique como exclusivamente gay! Será que estou visualizando uma certa tendencia ao preconceito??
    Se não é “barriga”, divulga o nome da lancheria e o laudo de autuação!!

Deixe uma resposta