BRASÍLIA – Com o nome envolvido em delação premiada de Sergio Machado, que afirmou que sua pessoa recebeu propina do esquema do Petrolão, a deputada federal Jandira Feghalli se defendeu e declarou na tarde de hoje que gastou o dinheiro que recebeu ilegalmente comprando livros de Karl Marx.

Todo ser humano minimamente informado sabe da importância da obra de Karl Marx para a libertação do proletariado do jugo do capitalismo. Então eu aproveitei a oportunidade de ganhar essa grana do Petrolão para comprar livros de Karl Marx para, ao lê-los, aumentar meu nível de consciência e altruísmo na luta pela construção do socialismo.”

Jandirão também declarou que é injusto compará-la a outros corruptos, já que ela recebeu o dinheiro por culpa da burguesia.

Os burgueses iludem a classe operária com a falsa promessa de libertação individual dentro do capitalismo, e eu acabei me equivocando, aceitando propina, sem me dar conta de que aquele dinheiro não ia me deixar menos pobre, pois a pobreza só pode ter fim caso os meios de produção sejam socializados”, disse a deputada.

Ela também declarou que ainda não começou a ler os livros que comprou, mas adiantou que, conforme for lendo os mesmos, os doará para a biblioteca “Anita Garibaldi”, de propriedade de seu partido.

1 COMMENT

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E minha tia aqui em casa tá meio compactuando com Marx kkkkkkkkkkk como proceder?

Deixe uma resposta