BRASÍLIA – O atual futuro ex-ministro da Casa Civil, Jacques Wagner, respondeu as acusações infundadas dos setores golpistas da imprensa, que tentam insinuar que a ida de Lula para o time de ministros de Dilma é uma tentativa de livrá-lo da cadeia.

“O problema é que esse Juiz Moro quer criminalizar o crime. Se isso acontecer vai ser um caos no sistema penitenciário”, declarou.

Wagner aludia à declinação de competência feita pela juíza de São Paulo, que remeteu para o juiz Sergio Moro o processo no qual foi requerida a prisão preventiva de Lula.

“Se a gente for botar na cadeia todo mundo que comete crime nesse país, o custo pro Estado vai aumentar de modo tal que se tornará inviável.”

Ele alertou que a escassez de recursos para manutenção de presídios pode trazer à tona o debate sobre obrigatoriedade dos presos trabalharem.

“É desumano fazer uma exigência dessa dos presos. Já pensou o Dirceu fazendo vassoura com garrafa Pet reciclada?”

1 COMMENT

  1. JAQUES WAGNER NÃO TEM MORAL PARA FALAR DE DR.SÉRGIO,ELE É O “POLO” DA ODEBRECHT.GANHOU DUAS ELEIÇÕES PARA GOVERNADOR DA BAHIA COM O DINHEIRO SUJO ROUBADO DA ODEBRECHT,CONFORME O DIRETOR CLÁUDIO DE MELLO:TRÊS MILHÕES EM 2006:SETE MILHÕES EM 2010,BEM ASSIM ONZE MILHÕES EM 2014 PARA ELEGER RUIM COSTA.

Deixe uma resposta