OURO PRETO – Quase um ano após a polêmica semana de recepção aos calouros da Universidade Federal de Ouro Preto repercutir na imprensa em razão da “oficina de siririca” promovida por alunos do curso de Serviço Social da instituição, uma nova celeuma tomou conta do universo acadêmico/científico/onanista brasileiro.

Desta vez, alunos de diversos cursos anunciaram a realização de um “campeonato de punheta”, que será realizado no auditório do ICSA (Instituto de Ciências Sociais Aplicadas), campus da Ufop no município de Mariana, mesmo local em que, ano passado, ocorreu o evento análogo destinado ao público feminino.

A iniciativa, ironicamente, irritou as idealizadores da oficina de siririca, que consideraram o evento machista e prometeram entrar na justiça para evitar que o mesmo ocorra.

Os organizadores do evento se defendem:

“Não tem nada de machista na nossa iniciativa. Resolvemos promover esse evento, porque muita gente se sentiu excluída da oficina de siririca ano passado, sobretudo as mulheres trans que estudam na universidade, que pelo fato de terem piroca, não podem tocar siririca e por isso foram excluídas da oficina”, explica Denis Caralhães, um dos organizadores.

A programação terá também palestras com os temas: “metodologia da punheta”, “Teoria geral da punheta” e “Desafios da punheta no século XXI”.

A organização premiará os primeiro, segundo e terceiro lugares, mas não foram informados maiores detalhes sobre o regulamento da competição.

Interessados podem se inscrever até a próxima segunda-feira.

Os idealizadores informam que no final do evento várias mulheres serão homenageadas.

8 COMMENTS

  1. Tambem no campeonato de bronha, o pessoal vai ensinar como bater uma usando os cotovelos e tambem como bater uma usando os calcanhares, sera o top do evento, nao vou perder isso por nada, ja estou treinando.KKKKKKKKKKK

  2. Que bom saber que a nossa juventude se interessa pela cultura ee o sexo.sugiroque também oficialize a oficina da suruba com todas as novinhas gostosas e taradas desta universidade e também me convide.pois sou filho de Deus e adoro uma puta novinha.

  3. A maior indignação é contra a premiaçao,pois segundo as trans,”não tem porra nenhuma!”É tudo armação daquele escroto do Caralhaes.

  4. Campeonato de Punheta…que safadeza é essa gente ? Que serventia isso tem,
    ? e quanta pouca vergonha !

Deixe uma resposta