BRASÍLIA – Com a iminência da concretização do golpe de estado contra a presidenta legitimamente eleita, movimentos sociais têm se mobilizado para defender a democracia e a constituição.

O agravamento das posições antagônicas, dentro do cenário da luta de classes, tem exigido dos companheiros de luta a adoção de métodos heterodoxos, desde que preservados os princípios que norteiam as lutas dos trabalhadores e das minorias.

A ascensão fascista exige novas formas de luta e enfrentamento e foi pensado nisso que várixs companheirxs do mocimento gay deicidiram ir para o front e radicalizar, afirmando que estão dispostos até mesmo a dar a bunda para defender o país do golpe.

Chegay à conclusão que devemos fazer sacrifícios pelo nosso país”, declarou um dos líderes do movimento.

Domingo é um dia decisivo e contamos com cada um e cada uma nessa luta”, finalizou.

Deixe uma resposta