IDFidel1

O ex-presidente cubano Fidel Castro decidiu romper o silêncio na manhã de hoje e em conversa com nossa reportagem falou, entre outros assuntos, da polêmica envolvendo a jornalista do SBT Rachel Sheherazade, em razão de comentário feito pela mesma recentemente sobre a agressão sofrida por um menor infrator por populares.

“Es un absurdo ló que esta mujer habló. Ella no tiene ningum respecto por los derechos humanos. Se fosse cá en Cuba, nosotros a fuzilaríamos na hora”, declarou Fidel.

A declaração foi corroborada por entidades defensora dos direitos humanos em todo o planeta, tais como o Partido Comunista Chinês, as FARC’s, o Instituto Pol Pot e a Associação dos Pederastas de Brasília.

Procurada por nossa equipe, Sheherazade não quis falar sobre o assunto.

SHARE
Previous articleDilma apresenta quadro gravíssimo de “Panelofobia”, diz médica da Presidente
Next articleMonica Lewinsky divulga nota em apoio a Rose Noronha
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

Deixe uma resposta