BRASÍLIA – Na mesma semana em que causou polêmica ao chamar o ex-ministro Joaquim Barbosa de “negro de primeira linha”, o ministro Luiz Roberto Barroso, do STF, pediu desculpas, afirmando que sua declaração foi infeliz.

Na oportunidade, Barroso declarou o seguinte: “Gostaria de pedir desculpas, sobretudo, se, involuntária e inconscientemente, tiver reforçado um estereótipo racista que passei a vida tentando combater e derrotar”.

Para se redimir, Barroso cantou um trecho da música de Alcione, alegando que os versões da canção sintetizavam bem o que Barbosa representa para a magistratura brasileira.

É, você é um negão de tirar o chapéu. Não posso dar mole senão você créu. Me leva na manha e baubau, leva meu coração”.

Barbosa se disse lisonjeado com a homenagem, ressaltando que Barroso é até afinado.

Seria melhor o Barroso largar a toga e investir na carreira de cantor”, brincou Barbosa.

Deixe uma resposta