A presidenta afastada Dilma Rousseff, compareceu na tarde de hoje na cidade de Cachoeira do Belzebu, onde se encontrou com o religioso Toninho do Diabo, líder da igreja do Capiroto no Brasil.

Cônscia de que o presidente em exercício Michel Temer professa da mesma fé que seu anfitrião, Dilma aproveitou a oportunidade para pedir a Toninho que interceda junto a seu ex-vice, para que ele permita seu retorno à presidência.

Foi uma conversa muito produtiva, mas Toninho preferiu manter-se distante dos tema políticos”, disse um assessor.

A visita fez parte de uma agenda que Dilma pretende cumprir para articular seu retorno ao Planalto, o que só seria possível se fosse absolvida no processo de Impeachment.

Dilma também se reuniu com correligionários e enviou um recado para os atuais ministros do governo interino, afirmando que “caso eu volte, cabe todo mundo no governo”, tranquilizando-os de uma eventual demissão e informando que pretende criar mais quinze ministérios para, segundo ela, “gerar empregos para todos os aliados.”

Deixe uma resposta