Uma notícia triste para quem gosta de assistir TV, mas é progressista e curte a rede Globo.

A estreia da “Socialista Morena”, Cynara Menezes na RedeTV, aguardada ansiosamente por setores progressistas brasileiros, foi definitivamente cancelada, frustrando os menos favorecidos dessa sociedade desigual.

Cynara havia sido contratada para fazer o contraponto ao reacionário Reinaldo Azevedo, mas sua permanência no quadro de funcionários da emissora só durou dois meses.

Eu já havia me programado para receber o salário da TV, havia até tranquilizado alguns credores, mas a ascensão de Temer à presidência serviu para aumentar o desemprego, e eu fui uma das vítimas”, lamentou a socialista.

Cynara confessou que ficou surpresa pelo convite, “já que esses veículos de comunicação da imprensa burguesa raramente dão voz a quem fala a língua do povo e defende suas aspirações em defesa da construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, mas revela que a rescisão prematura do seu contrato a pegou desprevenida.

Meu contrato durou menos que um contrato de experiência, que segundo a CLT é de três meses.”

Impossibilitada de ajuizar uma ação trabalhista para reivindicar verbas rescisórias, tampouco fazendo jus ao seguro desemprego, Cynara voltará a viver dos rendimentos de seu blog progressista.

SHARE
Previous articleDilma pede que Toninho do Diabo interceda por ela junto a Temer
Next articleMaduro manda devolver metrô de Caracas em retaliação a golpe contra Dilma
Joselito Müller é um personagem fictício que retrata as notícias do cotidiano. Numa classificação, seria um super-herói defensor dos… Defensor de nada, Joselito Muller é um personagem fictício que faz paródia de figuras públicas em situações cômicas. Nada é neste site é verdade, mas poderia ser. Além do charme, Joselito Müller é um competente jornalista, pioneiro no jornalismo de ficção brasileiro. Foi eleito três vezes consecutivas como um dos maiores filhos da puta da América Latina, além de ter sido indicado para o Pulitzer de reportagem mais escrota em 2013 e 2014.

2 COMMENTS

Deixe uma resposta