São Paulo – Em menos de 24 horas depois de aprovada a proibição do porte de facas no Rio de Janeiro, houve uma corrida aos supermercados por rocamboles da marca Pullman.

Os rocamboles Pullman são mundialmente famosos e conhecidos por conter uma pequena faca de plástico em seu interior e são muito saborosos.

Alguns deputados da base governista, como Jean Wyllys já estão se movimentando no congresso para proibir a venda do rocambole.

“As facas da Pullman passam em qualquer detectores de metais e podem começar a serem usadas em crimes em todo o país. Devemos levar a proibição de facas a nível nacional e estender também essa proibição para as facas da Pullman, que tem um potencial devastador”, diz Jean.

A Deputada Maria do Rosário argumenta que os rocamboles contém muito açucar, “que tem um potencional muito prejudicial a saúde dos possíveis infratores”, e “que as facas não sendo de metais, podem expor os menores infratores a um confronto desleal contra pessoas portando facas de metal, e isso é inadmissível” segundo ela.

Os deputados governistas também acusam a Bancada da Bala de terem recebido doações da Pullman para “promover deliberadamente o uso de armas” em todo o país.

A fabricante nega envolvimento em qualquer lobby armamentista e refuta qualquer ligação quanto ao uso de armas que não sejam especificamentes de cortarem o bolo citado.

 

6 COMMENTS

  1. Boa tarde eu gostaria de pedir mais informações a respeito dessa movimentação se alguém souber mais poderia entrar em contato comigo por favor meu e-mail é Cintia.fcosta89@gmail. Com . Muito obrigada

  2. Bruxa com faca na mão… passando manteiga no pão. Brasil piada mundial. Ladrão de metralhadora que derruba avião e querem banir uma faquinha de rocambole. Um soco faz mais estrago que essa faquinha, será que eu tenho que cortar a mão fora?

  3. É piada né? Será que alguém conseguiu cometer um homicídio com a faquinha do rocambole? Só um sujeito desse nível para cogitar uma insanidade dessa!!!!

  4. Há outra questão polêmica neste debate. Acho errado todas as embalagens terem a imagem de um ursinho branco. Uma jovem criança negra pode adquirir sentimentos negativos em relação à sua própria identidade. O correto seria que que pelo menos 30% dos ursinhos que estampam a embalagem fossem pretos.

Deixe uma resposta