SÃO PAULO – Quem passou pelo centro de São Paulo hoje estranhou a ausência dos habituais trombadinhas que batem carteira por aquelas plagas, o que, de certo modo, gerou até um alívio às rotineiras vítimas dos ditos cujos.

A ausência dos mesmos se deu em razão do temor gerado pela presença de uma caravana de parlamentares petista realizou ato em desagravo ao ex-presidente Lula, que prestaria depoimento ao Ministério Público.

“Quem era doido de ficar ali?”, questionou um menor em conflito com a lei.

Ele afirmou que o centro de São Paulo é um tanto quanto perigoso, “mas nunca tinha visto tantos elementos de alta periculosidade juntos como hoje. Eu fiquei até com medo de ser roubado e me escondi numa galeria”.

O depoimento do ex-presidente Lula acabou sendo adiado por conta de um pedido da defesa, o que decepcionou os trombadinhas.

“Se esses caras vierem se reunir aqui todo mês, vai quebrar nosso sistema”, lamentou.

13 COMMENTS

  1. Hahaha a piada é antiga mas está cada dia mais atualizadíssima. Dizem que causa disso o Rui Falcão mandou os cumpanheiros não votar na Maria do Rosário para presidente da câmara, porque nem prestigio mais com os trombadinhas o PT tem…..que fase!

  2. Interessante como todos agarram o braço do Lula. Acho que pra ele não conseguir enfiar a mão no bolso de ninguém.

  3. Desculpem, mas esta concentração de petistas foi em “estrita observância das leis vigentes”! Não sei onde ouvi isto mas em qualquer situação é bom falar. E os trombadinhas, simpatizantes da Uber, que definsm um rodízio com esses políticos para que todos possam desenvolver suas atividades!

  4. Seria perfeitamente justificável o medo dos trombadinhas. Afinal, petista é uma gente realmente perigosa e em meio ao bando reunido, muitos já deveriam estar presos há muito tempo.

  5. NOTEM os sorrisos nas “caras” dos MELIANTES. TODOS felizes, muito bem REMUNERADOS, com o nosso DINHEIRO, fruto DAS FALCATRUAS de LULA-LIXO e seu BANDO.

Deixe uma resposta