BRASÍLIA – As coisas não andam nada fáceis para o deputado Jair Bolsonaro.

Depois de se tornar réu em ação penal no qual é acusado de fazer apologia ao estupro pelo fato de dizer que não estupraria a petista Maria do Rosário, Bolsonaro viu réu em outra ação no STF, dessa vez por fazer apologia ao suicídio.

Segundo a denúncia da Procuradoria Geral da República, Bolsonaro incitou o suicídio ao pular de cima de um carro, em uma manifestação de rua esta semana.

O vídeo em que o parlamentar aparece pulando do carro, que estava parado, repercutiu bastante nas redes sociais, o que levou o Ministério Público a apresentar denúncia, pedindo sua condenação.

A atitude de Bolsonaro se enquadra naquela descrita como crime de apologia ao suicídio, pois pode incentivar várias pessoas a pularem de carros e, com isso, morrerem”, declarou o Procurador Geral da República.

Caso seja condenado, Bolsonaro poderá ficar inelegível, além de ser preso por prazo indeterminado.

* Sugerido por Max Vasconcelos

6 COMMENTS

  1. Nossa que retardados….kkkkk … daqui a pouco vão processa-lo por viver pois é um insulto aos que já morreram hauahauahauah…

    Vão processá-lo por enxergar pois isso é um insulto aos que tem problema de visão .

Deixe uma resposta