Petista Andre Vargas, direto da detenção da Policia Federal, demonstrou tristeza ao saber da redução da maioridade.

Para ele, que atualmente indiciado pela Justiça Federal na Operação Lava-Jato – a medida votada pelos deputados demonstra retrocesso político inigualável.

Ele afirma: “Eu mesmo com 16 anos cometia pequenos furtos, mas isso jamais me impediu de me tornar um grande deputado e liderança no Partido dos Trabalhadores”.

O petista, acusado pelo Juiz Sergio Moro de ser também articulador esquema de corrupção, passou a manhã de hoje triste e muito preocupado com a juventude brasileira.

Ainda segundo Vargas “os infratores merecem sempre educação e compreensão, só assim o Brasil se tornará um país mais humano e desenvolvido; o que os deputados fizeram foi inadmissível, se eu estivesse lá teria impedido esse ato de fascismo com os jovens infratores”

Deixe uma resposta