BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff anunciou na tarde de hoje que o ideal seria que a votação do processo de Impeachment no qual figura como ré ocorresse por meio de urnas eletrônicas.

O sistema eleitoral brasileiro é um exemplo para todas as democracias do planeta e o processo eleitoral por meio de urnas eletrônicas garante mais segurança e maior celeridade na contagem dos votos”, declarou.

Ela anunciou também que encomendou um parecer da Advocacia Geral da União sobre a constitucionalidade da edição de uma Medida Provisória determinando tal procedimento.

Como ferrenha defensora da democracia que sou, mesmo correndo o risco de perder o mandato, defendo a lisura do processo e por isso, acredito que as urnas eletrônicas servirão para evitar fraudes. Por que as urnas eletrônicas evitarão? Porque é a democracia brasileira que usa as urnas e elas são, segundo a ONU, infraudáveis”.

Questionada se a declaração oral de voto pelos parlamentares – procedimento que até o presente momento é o que deverá ser adotado na sessão de julgamento – não conferiria mais segurança à votação, Dilma retrucou:

“Todo brasileiro confia nas urnas eletrônicas. Pelo menos eu acredito que os brasileiros e brasileiras confiam mais nas urnas eletrônicas que nas palavras de deputados e senadores”

4 COMMENTS

  1. QUANTA CARA DURA FAZER UM PEDIDO DESTE, querer os votos em urnas eletrônicas, será que seria para fazer como nas eleições passadas, ahhh procurem criara juizo, acabem com esta praga, com este cancer, este eterno cancer……

  2. conta outra,eu nao acredito em papai noel…eu acho que as urnas foram fraudadas sim.Aqui no Brasil tudo e possivel

Deixe uma resposta